“Louvado sejas, meu Senhor, pela Irmã Morte”

No sábado, dia 16 de junho de 2018, Fr. Eduardo Albers, OFM realizou sua páscoa em seu leito, no Convento São Raimundo Nonato em Teresina – PI, para a casa do Pai. No mesmo dia, às 15h celebou-se missa de corpo presente presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Teresina, D. Jacinto de Brito, e concelebrada por confrades Menores e Capuchinhos, bem como, por outros padres ex-alunos e amigos. A missa também contou com outros religiosos, religiosas e leigos amigos do confrade. Após a missa e as despedidas, o corpo foi trasladado para a sede da Província em Bacabal.

No domingo, 17 de junho, outra missa de corpo presente foi celebrada sob a presidência do Bispo de Bacabal, D. Armando Gutierrez e concelebrada por confrades e padres diocesanos, na Igreja São Francisco das Chagas. Logo após a missa, aconteceu o cortejo fúnebre para o cemitério da Província onde foi sepultado.

O final de semana foi marcado por muita comoção por parte de todos os que conviveram com Fr. Eduardo Albers e que foram marcados com suas palavras de ânimo e inspiração e de amor a Deus. Que o Senhor o acolha em seus braços e que Nossa Senhora o cubra com o seu manto de amor.

Leia abaixo o Necrológio:

Frei Eduardo Albers, OFM

18/12/1934 – 16/06/2018

 

E se somos filhos, somos também herdeiros; herdeiros de Deus e co-herdeiros de Cristo.”

(Rm 8, 17ab)

Frei Eduardo Albers nasceu aos 18 de dezembro de 1934 em Hamm,cidade da Alemanha localizada na região administrativa de Arnsberg, estado de Renânia do Norte-Vestfália, Alemanha. Era filho de Franz e Elisabeth Albers.

De família muito católica, desde criança, frequentava a Igreja paroquial de Warendorf, onde surgiu sua vocação. Foi nos encontros de preparação para sua primeira Eucaristia em 1944 que o confrade sentiu a voz do Senhor que o chamava, já bem cedo, à Vida Religiosa e ao Sacerdócio. O convento dos franciscanos ficava a poucos quarteirões de sua casa. La Frei Eduardo foi coroinha de 24 de abril de 1945 até sua Vestição na Ordem dos Frades Menores, aos 19 de abril de 1955.

Já naquele tempo,o menino queria ser “missionário”. Fez sua primeira profissão aos 20 de abril de 1956 e a Profissão Solene aos 20 de abril de 1959. Sua ordenação sacerdotal se deu em Paderborn aos 26 de julho de 1961.

Frei Eduardo chegou ao Brasil aos 09 de dezembro de 1962.Depois de um ano em Belo Horizonte para aprender a língua e fazer a 2ª parte do ano pastoral, foi nomeado pároco da Paróquia São Francisco em Bacabal, onde viveu de 1964 a 1970. Em seguida, pároco de Nossa Senhora da Glória e São Judas Tadeu – São Luís – MA de 1970 a 1973 e da Paróquia São Raimundo Nonato – Piçarra – Teresina -PI, de 1973 a 1979.

Frei Eduardo foi um frade apaixonado pelas Sagradas Escrituras. Estudou grego já no Ginásio em Warendorf. Muito cedo aprendeu a ler o Novo Testamento no original, em grego. Por onde passou favoreceu o estuda da Bíblia. Em Bacabal,a partir da proposta de Dona Júlia,  a presidente do presídio da Legião de Maria juvenil, fundou um pequeno grupo de jovens para estudos bíblicos, que se reunia uma vez por semana das 17.00 h até 18.30 h. Frei Lucas Brägelmann, naquele tempo, pároco da Paróquia São José em Lago da Pedra, o convidou para ministrar um curso bíblico às lideranças.Outros convites vieram e o amor às Sagradas Escrituras só aumentaram.

Após sua transferência para São Luís do Maranhão em 1970, frei Eduardo manifestou ao então Custódio, Frei Bartolomeu,seu interesse emdar continuidade aos estudos. Assim, o confrade foi enviado ao Oriente Médio para fazer o Mestrado em Teologia Bíblica no Instituto Bíblico Franciscano de Jerusalém onde morou de 1978 até 1980.

Ao retornar ao Brasil, com o diploma em mãos, foi convidado a lecionar várias disciplinas de Bíblia no Instituto Católico de Estudos Superiores do Piauí – ICESPI, em Teresina, onde trabalhou de 1982-2004.

Frei Eduardo foi também um homem dedicado ao Acompanhamento Espiritual. Mesmo sem lecionar, continuou por vários anos a escrever e publicar ao seus ex-alunos e amigos, suas exegeses para auxiliar na preparação da homilia dominical. Continuou sua assistência às Irmãs dos Pobres de Santa Catarina de Sena, no Centro Memorare em Teresina até quando o irmão corpo o permitiu. Religiosamente acompanhava aquelas religiosas nas confissões, direção espiritual, Celebrações Eucarísticas e na amizade a qual sempre foi muito cara a ele.

Frei Eduardo entregou sua alma sedenta ao Deus Vivo aos 16 de junho de 2018, às 10 horas e 15 minutos. E nós, frades da Província Franciscana Nossa Senhora da Assunção somos imensamente gratos ao Pai pelos anos que pudemos compartilhar com um irmão tão especial e caro a todos nós!

Louvado sejas, ó Meu Senhor, por nossa irmã, a Morte Corporal, à qual nenhum homem vivente pode escapar: Bem-aventurados aqueles que cumpriram s tua Santíssima Vontade, porque a segunda morte não lhes fará mal. Louvai e Bendizei a Meu Senhor e dai-lhe graças e servi-o com grande humildade…

Bacabal, 16 de junho de 2018.

 

Fotos do Sepultamento

Flickr Album Gallery Powered By: WP Frank
#compartilhe